por Marcia David Poeta

6.9.14

Duendes


Eles habitam minha casa.
Enganam minha vista.
Enfeitam o jardim onde plantei mudas de folhas carmim.
Doidivanas, tropeço nos seus pés. Nada colho.



Nenhum comentário: