por Marcia David Poeta

28.3.15

Inútil

Eu sou o luxo da dor que deteriora a mente.
Cansativamente demente.
Repensando uniões inúteis.
Camaleão perdido na areia do tempo.
Deserto de tudo.
Feito mágica de sumir o corpo.
Corpo, queda, fútil, vazio, oco.
Tarde demais.